segunda-feira, 8 de junho de 2009

Hannibal A Origem do Mal, de Thomas Harris


Gostei muito do livro, não é o meu tipo de livro tenho que admitir, mas é interessante de ler o inicio do Hannibal, o que o levou a ser o que é, no fim acabei por ficar fã dele, no fundo ele não era mau :)


Sinopse:
Conhecemos o seu nome, os seus métodos, os seus apetites… mas nunca poderemos imaginar como tudo começou…
Em Hannibal: a Origem do Mal ficamos a conhecer a infância e a adolescência de Hanniball Lecter, o célebre serial killer de O Silêncio dos Inocentes, e de como se transformou num psicopata canibal.
Thomas Harris traça as origens de Hannibal e da irmã, Misha, na Lituânia, quando os pais são mortos pelas tropas de Hitler. Hannibal sobrevive aos horrores da II Guerra Mundial e, com apenas oito anos, foge para a França. É adoptado por Lady Murasaki, a mulher do tio, uma bela e misteriosa aristocrata japonesa. Completamente só, Hannibal leva os seus demónios consigo que o visitam e atormentam constantemente. É o aluno mais novo de sempre a entrar para a escola médica e, então, passa a ser ele a atormentar os seus próprios demónios. A adolescência torna-se num permanente ajuste de contas com o passado. Descobre que tem dons para além dos académicos e, nessa epifania, Hannibal Lecter torna-se num prodígio da morte.
Hannibal: a Origem do Mal é uma narrativa brilhante e íntima, onde Thomas Harris transcende as barreiras do thriller que sempre inspirou a saga de Hannibal Lecter.

8 comentários:

Zabour disse...

Opá, acho k este nem k me pagassem M-E-D-O


Beijinhos

Marko Rebelo disse...

deve ser porreiro :)

Homem do Leme disse...

Eu sou fã de Hannibal Lecter e adorei este livro!

pedropina disse...

nao conhecia!
obrgd por partilhares, pk os filmes vi os 3!

Minhoca disse...

Zabour:

Olha eu gostei, e acaba por explicar o pq de ele ser o que acaba por ser, não sendo um excelente livro, é um livro q se le bem.

Bj

Minhoca disse...

Marko:

É porreiro sim :)

Minhoca disse...

Homem do lema:

Tb gostei do livro, ate pq acabamos conseguir gostar dele, ou pelo menso perceber o pq das coisas que faz, quase fiquei do ldo dele :)

Minhoca disse...

Pedro:

Entao se gostas acho que este livro vale a pena.