segunda-feira, 17 de novembro de 2008

O Concilio de Pedra, de Jean Christopher Grangé


É um romance cheio de suspence, e embora seja o tipo de leitura que me agrada, confesso que não o achei grande coisa, é um pouco confuso, não prende, não é um livro com ritmo, é até um pouco chatinho.


Sinopse
Uma viagem alucinante ao paranormal e ao horror.
Uma criança vinda do fim do mundo, cujo passado misterioso ressurge pouco a pouco. Assassinos implacáveis lançados em sua perseguição. Uma mulher disposta a tudo para a salvar. Depois de O Voo das Cegonhas e Rios de Púrpura, Grangé vai ainda mais longe, fazendo explodir os limites do «thriller» tradicional. Um livro de cortar a respiração…
Vítima durante a infância de uma atroz agressão, Diane Thiberge, etóloga e especialista em artes marciais, pensa ter finalmente encontrado o seu ponto de equilíbrio quando adopta um rapazinho tailandês de cinco anos, Lu-Sian. Mas Lu-Sian, agora rebaptizado Lucien, é dado como clinicamente morto após um acidente de automóvel. Começa então um inquérito alucinante e uma sequência de mortes misteriosas, que levarão Diane a compreender que o acidente foi na verdade um atentado prodigiosamente preparado ao pormenor.

13 comentários:

mf disse...

Olá. Dei cá um saltinho, gostei, vou voltar. E deixo-te uma sugestão de leitura, já que tens gostos parecidos com os meus. Neste momento estou a ler 'Comer, Orar, Amar' de Elizabeth Gilbert (Bertrand). Estou a ler é mesmo a expressão: este é um livro que ando a saborear devagar, porque a forma como está construído o permite. Rio imenso, já me deixou com alguns nós na garganta... Boas leituras! ;)

Tiago R Cardoso disse...

parece-me à primeira vista interessante, vou anotar mais este...

dizes que é chatinho?

Salto-Alto disse...

A sério? Chatinho? Então não recomendas, certo?

Minhoca disse...

MF:

Entao bem vida a este lado,e c+a estarei à tua espera.

Vou registar entao essa indicação, vai p a lista das compras.

Bjs

Minhoca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Minhoca disse...

Saltinho:

O livro não é mau, mas realmente não recomendo, so em ultima escolha, achei um pouco confuso, é assim do tipo muita informação confusa é do tipo que custa a ler :), lê-se, mas não seria uma das minhas primeiras escolhas.

Minhoca disse...

Tiago:

Sim à primeira vista tb me inspirou, mas depois desiludiu-me um pouco.

Chato não sei se é o termo mais correcto, acho que certo é dizer que é um livro de dificil leitura, se calhar pq adorada um tipo de paranormalidade q n me prende, acaba por ser assim cansativo, sim o termos certo será um livro cansativo.

Eu pelo menos achei:)

Mi disse...

Confesso que, com esse título, não me sentiria atraída... mas ainda bem que avisas! ;)

Otário disse...

sim, o título não alerta a nada...

Carla Silva e Cunha disse...

boa escolha

boa semana

carla

Minhoca disse...

MI:

A mim ate me levaria a pegar nele, mas nem foi comprado, foi emprestado, e não é assim nada que recomende.

Bj

Minhoca disse...

Otario:

Pois não é pelo menos o que eu esperava

Minhoca disse...

Carla:

Gostaste??

Eu fiquei assim como que desiludida, não achei nada por ai alem.

Bjs